Frutas Especiais Que Ajudam No Combate a Prisão de Ventre

A prisão de ventre é uma das maiores queixas, entre homens e mulheres, nos consultórios médicos. O mal estar causado por ela atrapalha muito o rendimento no trabalho, na escolha, bem como nas atividades cotidianas.

Entre os principais incômodos causados pela Prisão de Ventre estão: a queda de cabelos, falta de disposição, espinhas, unhas quebradiças, gases e um grande mau humor. A prisão de ventre, infelizmente não é apenas um problema, mas algo que gera outros que afetam demais a saúde do corpo e o rendimento de cada um.

Prisão de Ventre

Prisão de Ventre

Grande maioria dos médicos indica aos pacientes, que além de alguns medicamentos que podem ser usados para combater a doença, eles acima de tudo se alimentem bem, ou seja, de maneira adequada e equilibrada. Já que a prisão de ventre é causada pelo mau funcionamento do intestino e se agrava em pessoas que não consomem diariamente uma grande quantidade de fibras, que são as responsáveis por fazer funcionar com precisão o trato intestinal.

Como a alimentação está diretamente ligada à prisão de ventre, vamos apontar logo abaixo algumas frutas que são aliadas da saúde e ajudam a combater esse mal que traz inúmeros transtornos às pessoas.

Frutas Que Combatem a Prisão de Ventre

Mamão – Essa fruta sempre esteve entre as preferidas por aqueles que sabem que ela pode fazer milagres para o intestino, inclusive fazê-lo funcionar como se fosse um relóginho e, com isso, mandar a prisão de ventre embora. O mamão é muito rico em fibras, vitaminas, sais minerais e ainda possui betacaroteno, caracterizado como um potente antioxidante que tem como finalidade obter indiretamente vitamina A. A fruta ainda possui ação calmante e ajuda na saúde daqueles que têm uma maior sensibilidade estomacal. O melhor é que ele seja ingerido logo pela manhã e, se puder, consumindo a semente também.

Imagem de Amostra do You Tube

Ameixa – De tanto que a ameixa é boa, que há diversos medicamentos para prisão de ventre que usam a fruta em sua composição, já que ela possui um efeito laxante de forma natural. Isso ocorre em razão de possuir um elevado grau de fibras insolúveis, podendo reter mais água de nosso organismo e, a partir daí, acelerar o trabalho natural do intestino. Um resultado melhor é conseguido através do consumo diário da fruta aliado a uma ingestão maior de água, sendo o ideal mais ou menos cinco ameixas secas por dia.

Ameixa

Ameixa

Abóbora – A abóbora possui muitas funções benéficas para o organismo, como a diminuição na ansiedade de comer doces, e justamente por ser adocicada, ajuda a fazer com que o intestino funcione melhor. Isso porque ela tem muita fibra, além de sais minerais importantes como potássio, zinco e ferro, o que colabora com o equilíbrio da flora intestinal. Porém, a fruta deve ser consumida por várias vezes na semana, uma vez ou outra só não resolve. Entre as várias formas de prepara-la, podem sugerir com arroz, carne e até em salada.

Imagem de Amostra do You Tube

Kiwi – Essa fruta que até poucos anos era desconhecida dos brasileiros, possuir aparência diferente sabor característico, mas assim como as demais de nossa lista também é aliada da digestão. Isso ocorre em razão de ter em sua composição a actiniidina, uma enzima proteolítica capaz de estimular os receptores do cólon, ajudando na movimentação e melhorando a laxação. Essa substância gera a hidrólise de proteínas, ajudando em todo o processo do intestino. Além de todas as ações positivas, as fibras dessa fruta também colaboram para combater a constipação intestinal. Mas para não consumi-la em excesso, o ideal é que se coma até dois kiwis, e sempre entre as principais refeições do dia.

Abacaxi – Ele é querido dos brasileiros há muito tempo e possui fibras de difícil digestão, por isso, ajudam ainda mais no trabalho do intestino. É composta de bromelinas, que são enzimas cuja fundamental função é a digestão, ajudando no aproveitamento de todos os nutrientes ingeridos e auxiliando naqueles dias em que se come demais. Pode-se ingerir duas fatias da fruta por dia, in natura ou em forma de suco. Como suco a fruta aumenta suas propriedades antioxidantes e diuréticas, sendo, portanto, mais saudável.

Figo – Ela é repleta de coisas boas, entre elas está a enzima chamada ficina, que assim como aquela presente no abacaxi ajuda a digerir todas as proteínas ingeridas, atuando de forma que os alimentos fiquem por menor tempo no intestino. Por isso, consumir figos em uma medida de dois por dia, ajuda a melhorar a digestão.

Amora – Essa pequenina fruta é repleta de antocianinas, bactericidas e compostos antioxidantes e todos ajudam no combate a constipação intestinal. Estudos apontam que os taninos, conhecidos polifenóis que são encontrados na amora, auxiliam no regulamento do intestino, além de prevenir e combater as doenças inflamatórias intestinais. Ela também possui em sua composição a pectina, que absorve a água do organismo, o que faz com que o intestino funcione melhor ainda. O ideal é que se consuma ao menos uma xícara dessa fruta ao dia, e caso não a encontre, pode usar outras frutas do tipo vermelhas, tais como morango framboesa, e uva. A mesma quantidade de frutas deve ser usada para todas as frutas vermelhas.

Abacate – Apesar da fruta ser tida como uma grande vilã da alimentação por conter certa quantidade de gordura, essas gorduras são essencialmente benéficas para a saúde, sendo responsáveis por grandes benefícios ao organismo, inclusive no tocante ao trato intestinal. As gorduras chamadas de monoinsaturadas ajudam na parte de lubrificação das fezes. Isso faz com que a pessoa não fique constipada e consiga evacuar de maneira mais agradável. Porém, em razão do abacate conter um alto grau de caloria, não pode ser ingerido diversas vezes na semana. O aconselhável para não estragar a dieta é que se consuma até três colheres de sopa na semana.

Todas as frutas acima relacionadas ajudam no problema da prisão de ventre, mas não somente elas, como também muitas outras. Além delas os cereais e grãos também são muito bem-vindos, especialmente a aveia e a linhaça, pois possuem óleos e fibras que ajudam a acabar com o dilema da constipação intestinal e, por outro lado, ainda combatem o colesterol ruim.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>