Anestesias nas Cirurgias

Os próprios especialistas em cirurgias admitem que em toda operação  sempre há alguma margem de risco. Por isso, os médicos precisam verificar o histórico da pessoa que vai se submeter ao procedimento cirúrgico pra prevenir possíveis problemas na hora da cirurgia, como por exemplo, saber se o paciente é alérgico a alguma medicação  ou se sofre de apnéia do sono, entre outros. Os pacientes devem informar aos seus cirurgiões se fazem uso de álcool, tabaco, drogas ilícitas e até mesmo as medicações fitoterápicas devem ter seus uso relatado ao médico, pois embora de origem natural, podem interferir no êxito da intervenção cirúrgica.

Anestesias nas Cirurgias

Anestesias nas Cirurgias

Uso de Anestesias

O tipo de anestesia que será utilizada na cirurgia deve ser discutido com o paciente pelo médico e anestesista para chegarem  a um consenso de qual técnica anestésica é mais apropriada para aquele procedimento cirúrgico Um exemplo bem claro é no caso da anestesia peridural em pacientes com graves problemas na coluna, pois o ideal nesse caso é o uso da anestesia geral. A vontade do paciente deve ser levada em conta na hora de escolher entre a anestesia local, geral ou sedação, porém, suas condições de saúde devem ser sempre levadas em consideração.

Salete Dias

Gostou? Curta e Compartilhe!

Categoria(s) do artigo:
Cirurgia Plástica

Artigos Recentes

Artigos Relacionados


Artigos populares

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *