Obesidade Infantil

É do senso comum que a obesidade se tornou um problema de saúde pública em muitas partes do mundo, e que vem aumentando consideravelmente, no entanto o que tem preocupado as autoridades e especialistas em saúde é o aumento da obesidade na infância dos indivíduos, o que acarreta complicações tanto na infância quanto na vida adulta, no entanto para os nutricionistas o manejo e a mudança dos hábitos alimentares é ainda mais difícil nesta fase, pois as crianças ainda não percebem as conseqüências e não entendem porque devem abrir mão de comer coisas de que gostam.

Criança Obesa Pensando em Comidas Não-Saudáveis

Criança Obesa Pensando em Comidas Não-Saudáveis

Prevenção

Assim é muito importante a prevenção da obesidade, oferecendo sempre uma alimentação saudável e balanceada as crianças, desde a mais tenra idade, evitando os produtos industrializados e os refrigerantes. A nossa alimentação é uma forma de cultura, e somos ensinados a comer desta ou daquela maneira, portanto cabe aos pais incutir nos seus filhos uma cultura de alimentação mais natural e saudável, mas para isso eles também precisam rever seus hábitos alimentares, e aí estão talvez, a maiores dificuldades de ensinar bons hábitos alimentares às crianças, as nossos vícios alimentares enquanto adultos.

O Aumento da Obesidade Infantil no Brasil e no Mundo

Estudos da OMS – Organização Mundial da Saúde já demonstrou que na ultima década a obesidade infantil cresceu entre 10 a 14% nos paises da Europa, e ocorre principalmente em 3 faixas etárias que são durante o primeiro ano, depois entre os 5 e os 6 anos de idade e depois durante a adolescência. No Brasil a obesidade infantil também vem crescendo nos últimos anos, e atinge mais notadamente as crianças da faixa sócio econômica mais alta, fato explicado pelo estilo de vida e dos padrões de comportamento, muitas horas em frente a televisão, computador e games e também a disponibilidade menor de brincadeiras na rua em virtude da falta de segurança, associados aos hábitos alimentares que na maioria das vezes contemplam alimentos industrializados, de grande apelo comercial.

Complicações da Obesidade Infantil

Durante a infância a criança a criança ganha peso ao mesmo tempo em que aumenta sua estatura e acontece a aceleração de sua idade óssea. Na criança obesa o ganho de peso continua enquanto o crescimento estaciona, acarretando um sobrepeso, que é avaliado e medido com fórmulas que definem o índice de massa corporal – IMC da criança.  As conseqüências da obesidade infantil já acontecem na infância e muitas delas vão acompanhar o individuo durante a vida adulta, e esses problemas são tanto de ordem emocional quanto de ordem física. As crianças, assim como os adultos obesos geralmente tem problemas de auto-estima que se reflete em sua vida social, nas relações e até no desenvolvimento cognitivo. Na saúde pode ocasionar o menor crescimento, ou seja, adultos de baixa estatura, pois as cartilagens fecham mais cedo devido ao sobrepeso, aumento do colesterol e maior risco de desenvolver doenças coronarianas, hipertensão arterial ainda na infância e também diabetes, além de todas as conseqüências associadas a esses problemas de saúde.

A obesidade infantil deve ser prevenida com uma dieta balanceada desde a primeira infância, protegendo nossas crianças de graves problemas de saúde no futuro.

Gostou? Curta e Compartilhe!

Categoria(s) do artigo:
Nutrição

Artigos Relacionados


Artigos populares

Comentários

  • vixeeeeeeeee mariaaaaaaaa

    ingrid 22 de março de 2011 18:29

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *