Recomendações Nutricionais para a Saúde das Crianças

Macro e Micronutrientes

Os especialistas em nutrologia e os nutricionistas são unânimes em afirmar que a manutenção da amamentação total até o sexto mês de vida da criança, e parcial até os dois anos de idade, é um comportamento de extrema importância para prevenção de doenças, tanto a curto como a longo prazo.

recomendacoes nutricionais para a saude das criancas-1

Macro e Micronutrientes

Em relação à nutrição complementar, o ideal é oferecer alimentos de fácil aquisição, porém de qualidade, baixo custo e sem contaminação.

Além disso, esses alimentos devem ser ricos em nutrientes, como cálcio, ferro, zinco, ácido fólico, além das vitaminas A e C. A consistência com que são preparados deve ser adequada à faixa etária da criança e não deve haver sal ou condimentos em excesso.

Importância dos Carboidratos na Alimentação Infantil

Os carboidratos são fontes de energia, porém, deve-se evitar seu consumo em exagero, principalmente os simples, sendo que os especialistas recomendam dar preferência aos carboidratos complexos, garantindo um maior consumo de fibras nos alimentos, necessários para a manutenção de uma qualidade de vida mais saudável.

recomendacoes nutricionais para a saude das criancas-2

Importância dos Carboidratos na Alimentação Infantil

A secreção de insulina é melhorada pelo baixo índice glicêmico dos alimentos consumidos pelas crianças e, se houver a ingestão exagerada de líquidos de frutose ou bebidas com muito açúcar, pode aumentar o risco de diabetes, resistência à insulina e obesidade infantil.

Importância da Quantidade de Gordura Ingerida

Os profissionais especializados ressaltam que a qualidade e quantidade de gordura que é consumida também é muito importante para prevenir doenças e promover a saúde da criança.

recomendacoes nutricionais para a saude das criancas-3

Importância da Quantidade de Gordura Ingerida

Nos seis primeiros meses de vida da criança, quando está sendo amamentada, a ingestão de lipídeos deve conter menos de um por cento de gordura e não possuir ácido erúcico (ácido graxo omega 9 monoinsaturado), além de suprir cerca de sessenta por cento do tala de energia necessária ao organismo.

Quando ocorre o consumo de alimentos industrializados é que começa a maior ingestão de gordura trans, cujos efeitos são o aumento do LDL colesterol e diminuição do HDL colesterol. Quando a criança atinge faixa etária de dois anos de idade, a receita para manutenção de sua saúde é a seguinte: gordura- provimento de cerca de trinta e cinco por cento do consumo total, com menos de dez por cento de gordura saturada, gordura trans menor que dois por cento e o colesterol menor que 300mg ao dia.

Importância da Proteína na Alimentação Infantil

Considerada como um macronutriente, a proteína é muito importante, pois auxilia no crescimento da criança, através do fornecimento de nitrogênio para a produção de enzimas, aminoácidos essenciais, neurotransmissores e hormônios, que também contribuem para a manutenção dos tecidos dos órgãos do corpo humano.

Os especialistas ressaltam que quando a criança é muito nova, o consumo exagerado de proteínas pode aumentar a carga renal de soluto (substância que pode ser dissolvida), além de aumentar o risco da criança desenvolver um quadro de obesidade no futuro.

Gostou? Curta e Compartilhe!

Categoria(s) do artigo:
Nutrição

Artigos Relacionados


Artigos populares

Comentários

  • Boa tarde, qual a referência bibliográfica desses dados?? Obrigada

    Janaina 24 de abril de 2013 18:12

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *