Cisto Tireoglosso

O Que é Cisto Tireoglosso?

Uma doença do tipo congênita que é consequência de um defeito no fechamento do ducto tireoglosso na fase do período embrionário. Essa estrutura embrionária tem caráter transitório, ou seja, some depois de feita a migração da tireoide. Quando permanece por mais tempo acaba determinando o surgimento do cisto do ducto tireoglosso.

O problema é o resultado de uma falha do processo de fechamento do ducto tireoglosso e da produção de muco pelas células da mucosa. Ele fica localizado num ponto entre o forame cego (que fica na base da língua) e a tireoide. O defeito que é o mais comum de ocorrer no pescoço.

Tireoglosso

Tireoglosso

Desenvolvimento da Tireoide e Surgimento dos Cistos

O desenvolvimento da tireoide se dá na base em forma de “V” lingual, antes disso ela migra e passa pelo interior do osso hioide até que se localiza anteriormente a traqueia. É importante destacar que os remanescentes do ducto tireoglosso tem uma relação íntima com o corpo do osso hioide que fica normalmente abaixo ou em alguns raros casos na base da língua.

Esses cistos podem passar por processo de infecção formando assim os abscessos necessitando então de drenagem espontânea ou cirúrgica que tem como resultado a formação de uma fístula. Pode acontecer dessa fístula causar episódios de fechamento e recidiva tendo drenagem de líquido que pode variar de mucinoso a purulento.

Tireoglosso

Tireoglosso

Embriologia

O surgimento do trato tireoglosso se dá a partir do forame cego lingual na união dos dois-terços anteriores e o terço posterior da língua. Pode acontecer de qualquer parte do trato permanecer depois do processo de embriogênese o que resualta num seio, cisto ou fístula. Em geral as fístulas aparecem depois da ruptura ou da incisão de um cisto tireoglosso infectado.

Ducto Tireoglosso

A estrutura embrionária de caráter transitório aparece a partir da evaginação da parte inferior da faringe primitiva, sendo que essa fica localizada entre o primeiro par de bolsas faríngeas. O normal é que desapareça depois de feita a migração da tireoide, o desenvolvimento acontece durante a quarta semana de gravidez.

Quando não acontece de o primórdio da tiroide descer naturalmente a glândula tireoide pode se formar na base da língua e assim ficar como uma massa em qualquer parte da linha média do pescoço no percurso de descida. No caso de o ducto tireoglosso continuar acontece de o trato epitelial formar uma espécie de cisto que estabelece comunicação com o forame cego na base da língua.

Esse ducto que permanece em geral se estende por meio do osso hioide e assim é normal encontrar uma espécie de massa arredondada cística que tem um tamanho variável na altura da linha média do pescoço ficando imediatamente abaixo do osso hioide. Pode acontecer de o fluido no cisto, que está sob pressão, criar uma ideia de tumor sólido.

Características do Cisto Tireoglosso

Dentre as principais características do cisto tireoglosso está o fato de ser o tipo de cisto congênito mais comum de aparecer no pescoço, para se ter uma ideia é equivalente a 70% dessas anomalias. Costuma se manifestar perto dos 5 anos de idade, são raros os casos desse tipo de cisto em recém-nascidos. Atinge tanto meninos quanto meninas.

Manifestações Clínicas do Cisto Tireoglosso

Dentre as manifestações clínicas dessa doença estão o surgimento de um cisto na linha média do pescoço que fica imediatamente abaixo do osso hioide, isso ocorre em 75% dos casos. Além disso, apresenta consistência cística com firmeza e sem dor, costuma ser móvel quando é feita a deglutição e também a extrusão da língua.

Também pode aparecer sob a forma de fistula ou mesmo abscesso cervical que tem drenagem de secreção com pus misturada com uma secreção viscosa. Esse sintoma aparece em cerca de 25% dos casos.

Origem Embrionária

Origem Embrionária

Diagnóstico

Basicamente o diagnóstico é feito através da percepção de um tumor cístico palpável localizado na linha média do pescoço, tanto em crianças como em jovens adultos. É possível fazer um diagnóstico mais completo por meio de ultrassonografia (ajuda a diferenciar um cisto de uma massa sólida) e também através de cintilografia de tireoide (que permite determinar a presença de tireoide ectópica que pode estar associada ao cisto).

Tratamento

O tratamento mais indicado para tratar cisto tireoglosso é o cirúrgico para evitar que apareça algum tipo de infecção que pode complicar a cirurgia. O objetivo também é evitar o surgimento de novos cistos. O nome dado a cirurgia desse tipo de cisto é Sistrunk que é uma homenagem ao cirurgião que fez a descrição da mesma em 1920.

A cirurgia é realizada através de uma incisão transversa numa região cervical que fica na altura desse cisto. O cisto então e o seu trajeto fistuloso são completamente removidos, isso em geral até perto das proximidades do forame cego lingual que é a base da língua. Também é feita a remoção da porção central do osso hioide que se mostra fundamental para evitar reincidência.

Infecção

Quando surge o quadro de infecção do cisto tireoglosso é necessário tratar com o uso de anti-inflamatórios ou antibióticos além da realização da drenagem do abscesso. Depois que a infecção for devidamente tratada e curada é necessário fazer a cirurgia para remover a fístula do ducto tireoglosso. Não é recomendado realizar a cirurgia com o processo infecioso em andamento, pois isso eleva o risco de recidiva.

Possíveis Complicações

Quando é realizada a cirurgia com a técnica de Sistrunk existe a possibilidade de recorrência do cisto em 5% dos casos. A possibilidade de malignização se dá em menos de 1% dos casos. Porém, nesses casos se tem origem de carcinoma papilar em 85% dos casos.

Para evitar problemas e complicações a dica é procurar atendimento médico logo que perceber que existe algo errado. Como já destacamos ao longo do artigo o cisto tireoglosso é um problema facilmente detectado pela aparência. Procure um médico para que ele possa dar a orientação correta em relação a esse problema.

Consultar um bom médico é o primeiro passo para garantir melhores cuidados com a sua saúde. Quando se tem a orientação de um bom médico é mais fácil se cuidar e se manter saudável.

2 comentários

  1. Gostaria de saber detalhes sobre a recuperação da cirurgia do cisto tireoglosso, se pode falar, quanto tempo depois posso voltar a trabalhar etc.

  2. Gostaria de saber quantas vezes pode voltar o cisto, e por que… Pois a minha filha, de apenas 9 anos, já esta indo para a terceira cirurgia, mas desta vez estou com medo… Segundo o cirurgião: disse q não era pra voltar, pois ele havia fechado o “canal de onde surge o cisto”!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>