Sindrome Dandy-Walker – Definição E Caracteristicas

A malformação ou síndrome de Dandy-Walker é uma anomalia que acontece no sistema nervoso central, que atinge principalmente o cerebelo (órgão que fica no crânio, responsável pelos movimentos do corpo e do equilíbrio) e nos espaços cheios de líquor (liquido cerebroespinhal),
As características dessa síndrome é uma ausência parcial ou completa da parte central do cérebro, entre os dois hemisférios, chamada de vermis cerebelar, dilatação ou alargamento cística do quarto ventrículo (canal que permite a circulação do líquor entre a medula e as regiões superior e inferior do cérebro). Esse alargamento pode ser tão acentuado que forma um cisto na pasta posterior o crânio, esse cisto é chamado de cisto Dandy-Walker.

Cérebro Scaneado

Diverso Fatores Podem Estar Ligados a Síndrome

• Agentes Teratogênicos (capazes de trazer malefícios ao feto durante a gravidez)
• Síndromes Cromossômicas
• Uma região critica no Genoma (identificado recentemente)

A síndrome atinge cerca de 1 a cada 35 mil de bebes nascidos, sendo a maioria mulheres na proporção de 3 para 1. A síndrome pode ocorrer em filhos em que mães tem mais de 35 anos de idade ou quando a mãe é diabética, pois a chance de anomalias cromossômicas são maiores.

Diagnostico

A síndrome é diagnosticada na infância ou mesmo no período pré-natal, já em adultos é mais raro.
Os sintomas podem surgir nos primeiros anos de vida, quando há aumento no crânio e atraso no desenvolvimento neuromotor. Em seguida, evoluindo-se a síndrome, percebe-se hipertensão intracraniana, irritabilidade, vômitos e convulsões, além de distúrbios associados ao cerebelo, tais como ataxia, incoordenação motora e movimentos anormais dos olhos.

Faça o Pre Natal

Tratamento

Não existe cura ou tratamento específico. Apenas são tratadas complicações associadas, como hidrocefalia obstrutiva ou acúmulo de liquido.
Além disso, apenas terapias de habilitação.

É interessante evidenciar a síndrome antes que haja complicações a fim de evitar possíveis seqüelas. Por exemplo, o ultra-som, no período pré-natal, ajuda a detectar o problema, pois é capaz de detectar algumas alterações no sistema nervoso central. Outra coisa a ser feita, é após o nascimento, estar atento ao desenvolvimento neurológico da criança.

A criança com a síndrome, deve ser avaliada de forma completa, com a atenção focada a todas as anomalias, além das ligadas ao sistema nervoso central. Também, é de vital importância garantir as terapias de habilitação, para que possibilite o desenvolvimento mais adequado possível, para uma vida mais saudável e inclusão social de acordo com suas necessidades especiais.

Uma recomendação muito importante é procurar se informar sobre o assunto, no Brasil não existe, ou não é conhecido, nenhuma associação de famílias ou pessoas com a síndrome de Dandy-Walker, mas existem vários países que fazem isso.

Sindrome Detectada


Categoria(s) do artigo:
Doenças

Comentários

  • Sou fisioterapeuta e hoje avaliei uma criança do sexo masculino, 6 anos de idade, com diagnóstico de Sindrome de Dandy walker. A criança apresenta ausencia de membro superior esquerdo (antebraço) e o direito com deformidades e ausencia de dois dedos, membros inferiores com pes equinos. A criança se locomove arrastando-se sentada. A que fatores estao relacionadas estas alteraçoes fisicas, sendo que a sindrome refere-se a alteraçoes hidrocefalicas. A mae relata que nao fez uso de substancias abortivas e/ou teratogenicas.

    Silvia Borges 24 de março de 2010 21:06
  • oi silvia eu tenho uma sobrinha que tem essa anomalia ela tem três anos ela só tem elevaçaõ no crânio está se densevolvendo bem até agora ano que vai frequentar a escola está sendo assistinda pelo neuro.

    rosineide 25 de julho de 2010 20:47
  • Oi, tenho uma sobrinha que tem a Sindrome, esta com 09 anos e até o momento leva uma vida norma, não apresenta má formação fisica tem apenas um emangioma na face que segundo os médicos estaria relacionado a Sindrome

    rosangela loreti 20 de abril de 2011 3:41
  • ola,meu nome e renata e eu tenho um filho com cardiopatia congenita anomalia de ebstein e tambem tem a a sindrome dandy waker.Ele teve apenas poucas convulsoes e o aumento do cranio.

    renata soares de barcelos 21 de novembro de 2011 13:34
  • Oi tenho uma filha com 3 anos e meio com a sindrome de Dandy Walker , ela passou por cirugia usa valvula devido a hidrocefalia demorou para andar andou com 2 anos e meio e ainda tem algumas dificulddes motoras mas leve , a saude metal dela é normal maravilhosa e intelingente tem uma memorização melhor q de outras crianças sem a sindrome , mas continua fazendo acompanhamento , faz ecoterapia que tem sido muito bom !!!ela é maravilhosa e linda !!!!!!beijos para todos fiquei com Deus

    LARISSA ROCHA 26 de novembro de 2011 17:42
  • tenho uma filha de seis anos,ela tem a sindrome de dandy walker,ela leva uma vida normal,sempre frequentou escola normal,nao toma medicamentos,tenho duas filhas que nao tem qualquer tipo de problemas.nunca teve convulsao ou ,tem pequenas limitaçoes,mas que sao minimas,é carinhosa e meiga.linda,ela é um anjo.

    elizabeth 7 de março de 2012 0:22
  • Tenho uma filha de 7 anos,ela tem a sindrome de dandy walker, ela leva uma vida norma ,não toma remedios e só faz acompanhamento com o neuro,e tambem fisioterapias,tambem faz terapia ocupaçional,nunca teve convulsão graças a deus,é muito linda,a muito extrovertida .AMO MINHA FILHA ..

    Elisabete 16 de março de 2012 14:31
  • Tenho uma filha de 7 anos,ela tem a sindrome de dandy walker, ela leva uma vida normal ,não toma remedios e só faz acompanhamento com o neuro,e tambem fisioterapias,tambem faz terapia ocupaçional,nunca teve convulsão graças a deus,é muito linda,a muito extrovertida .AMO MINHA FILHA ..

    Elisabete 16 de março de 2012 14:32
  • Meu filho nasceu com um lado do cérebro menor que o outro, no primeiro mês ele apresentou epilepsia e foi assim que descobrimos. Nos foi avisado que ele provávelmente não iria falar e andar, mas ele vem sempre nos surpreendendo, fala, anda e está terminando o segundo grau. Assisti uma mat´ria a respeito do maestro João Carlos Martins, que colocou um chip´no cérebro para estumular e recuperou os movimentos. Existe algo parecido para o meu filho?

    Renan Goulart 2 de maio de 2012 21:29
  • ola, tenho um sobrinho que ira completar um mes, e os medicos disseram que tem a síndrome de Walker, ele ja fez a cirurgia de uma valvula na cabeça, a valvula se moveu e refizeram a cirurgia, disseram que ainda tera que fazer uma cirurgia da coluna. Ainda n consegui entender pq a válvula e desta cirurgia da coluna q ele ira fazer. alguem poderia me explicar melhor. Pois o medico pediu p que pesquisássemos sobre o caso na internet. Ainda ha muitas duvidas, nos ajudem a entender. obrigada

    Adriana 23 de setembro de 2012 5:03
  • oi hje descobri q meu filho tem a sindrome de walker.
    to mto nervosa pois meu filho n anda n fala. tenho medo dele n andar nunk pois ele ja tem 2 aninhos.

    bruna regina 4 de outubro de 2012 20:22
  • tenho sobrinho com dandy walker precisamos urgente de indicação de um bom neuro pediatra somos de campinas -sp
    Quem souber envie por email

    obrigada

    NomeJeane 24 de julho de 2013 19:45
  • oi tenho uma filha de 3 anos que tem esta sindrome dandy walker ela graças a Deus nunca apresentou crise convulsiva mas demorou para sentar falar e andar,queria saber o que a sindrome pode prejudica la no
    futuro

    valeria 2 de agosto de 2013 5:27
  • Oi tenho um filho de 12 anos q tem a sidrome de dandy Walker, quando nasceu fez uma cirurgia uma drenagem de cisto na cabeça só q agora ñ sei como como lidar porque ele está muito agressivo, passa com psiquiatra e toma muito remédio e nada adianta. Preciso muito de ajuda.

    maria da Glória lopes dr araujo 17 de junho de 2015 2:27

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *